Atriz de Segundo Sol revela paixão por Dennis Carvalho

Atriz de Segundo Sol revela paixao por Dennis Carvalho

O tempo e suas histórias… como imaginar, aos 12 anos de idade, que um dia, lá no futuro, seu amor platônico – até então só visto em pôsteres e nas novelas – seria alguém com quem você conviveria no dia a dia? É o que Cláudia Di Mauro tem passado! 

Ao debutar numa novela, em pleno horário nobre da Globo,  ela tem seu crush da adolescência como companheiro de trabalho. Na pele da Zefa em Segundo Sol, a atriz gelou ao dar de cara com Dennis Carvalho no set de gravação. 

A baiana de 53 anos era uma mocinha quando o diretor artístico da trama era o galã Netinho, de Locomotivas, novela que fez sucesso em 1977.

"Eu tinha um pôster do Dennis no meu quarto e vivia beijando a foto dele. Foi meu primeiro beijo", contou Claudia ao jornal Extra.

Ao encontrá-lo pessoalmente, nos bastidores, Claudia contou sobre o namorico de mentirinha, e Dennis, que perde o amigo mas não perde a piada, aprontou.

"Ele me deu um beijão na boca! Quase tive um troço", contou a baiana.

Atriz com quase 35 anos de carreira bem-sucedida em Salvador, Claudia já circula com naturalidade entre o ex-amado e todo o elenco de figurões com quem contracena na trama.

"Eu já venho representando meu povo quando subo no palco, que é a minha tribuna. Estar aqui nessa novela das nove não me assusta. É como se eu estivesse saindo de casa para fazer teatro. Não tenho essa vaidade.

Viúva, mãe de Ana Vitória, de 21 anos, ela decidiu seguir a carreira de atriz, depois de ser vítima de preconceito de onde ela menos esperava.

"O racismo da Igreja Católica me trouxe até a arte. Eu sempre quis ser o anjo da igreja e nunca pude ser. Eu sempre era a primeira menina a chegar para colocar meu nome na lista, madrugava na porta, e me diziam que já estava lotada. Para compensar, eles me davam uma poesia para falar. Colocava a dor de não ser anjo no poema, e isso me fez atriz".